As lojas faturam com o turismo termal durante ano todo. E abertura durante os feriados garantiria um dinheirinho extra aos comerciantes
As lojas faturam com o turismo termal durante ano todo. E abertura durante os feriados garantiria um dinheirinho extra aos comerciantes

 

Karen Novochadlo
Gravatal
 
Como Gravatal é uma cidade turística, a abertura do comércio nos fins de semana, principalmente aos domingos, pode significar boas vendas. No município, isto já é feito há um bom tempo. Mas a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato dos Comerciários têm avaliado a abertura das lojas durante os feriados que caem nos domingos.
 
Por lei, a abertura das lojas nestas ocasiões só pode ser feita por meio de uma convenção coletiva. E há algumas semanas a CDL negocia com o sindicato.
 
Terça-feira, o sindicato enviou uma contra-proposta, onde pedia um salário mensal de R$ 740,00 e 100% das horas extras trabalhadas aos feriados  de domingo. “Nós nos baseamos no funcionamento do Farol Shopping, em Tubarão, para formular esta proposta”, explica a presidenta do sindicato, Elizandra Rodrigues Anselmo. 
 
Até a próxima semana, os lojistas devem analisar a proposta. “A diretoria irá avaliar a proposta. Também deveremos realizar uma assembleia para os nossos sócios”, avisa o gestor da CDL, Allan da Silva Correa. Só depois será possível enviar uma resposta aos comerciários.
 
No último feriado, Dia do Trabalhador, o comércio de Gravatal permaneceu de portas fechadas. O sindicato entrou com uma ação na justiça do trabalho para proibir abertura em feriados.