Desde que apareceu no Big Brother Brasil, Bianca Jahara virou ídolo para muitas garotas homossexuais. A produtora de moda conta que, quando deixou o confinamento e acessou a sua página no Orkut, viu que haviam transformado o seu espaço na internet em uma espécie de chat onde meninas gays se conheciam e marcavam encontros. Nova musa do Paparazzo, Bianca, que gosta de homem, tem uma explicação para tamanho sucesso com o público gay.

“As lésbicas me têm como porta-voz. Várias delas nunca tinham visto o BBB e, por minha causa, passaram a assistir ao programa. Acho que tem a ver com o meu jeito. Elas são pessoas com carência em quem se inspirar no Brasil. Para elas, qualquer menina que aparece na mídia com o espírito ‘roquer’ vira heroína. Nós somos do underground”, acredita Bianca.