sexta, 24 de novembro de 2017
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Geral

Giro por SC: Moradores que maltratarem animais vão ser multados em Florianópolis

Valor varia de R$ 500 a R$ 2 mil. Agressor pode ter bens e imóveis penhorados caso não pague.

Publicado em 14/11/2017 14h09

Giro por SC: Moradores que maltratarem animais vão ser multados em Florianópolis

Florianópolis

A Prefeitura de Florianópolis afirmou que vai começar a multar moradores que maltratarem animais. O valor varia de R$ 500 a R$ 2 mil. Caso o agressor não pague, pode ter bens e imóveis penhorados.

Segundo a prefeitura, a multa administrativa deve ser aplicada a partir de quarta-feira (15) pela Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea) e Fundação Municipal de Meio Ambiente (Floram) com embasamento na lei de crimes ambientais e em um decreto federal "que dispõe sobre as infrações e sanções administrativas ao meio ambiente".
A partir do flagrante e investigação policial, a multa pode ser aplicada.

"A gente recebe em média de cinco a seis denúncias por semana. A pessoa tem que ir na delegacia registrar e para, não demorar muito, pode levar em mãos o boletim para a Dibea”, explica Fabrícia Costa, diretora da Dibea. Segundo ela, qualquer pessoa pode denunciar.

Além de ir à delegacia, é possível também fazer denúncia pelo telefone 190 ou pelo Disque Denúncia - 181.

Conforme Fabrícia, a definição da multa recebida depende da complexidade e da gravidade do caso. “Os fiscais têm essa competência para decidir qual valor, de aplicar a multa de acordo com a situação. Algo de muita crueldade, muito bárbaro, a multa deve ser de maior valor”.

Em julho também entrou em vigor uma lei complementar proibindo a circulação de veículos com tração animal em Florianópolis.

O que é considerado maus trados:

Abandonar, espancar, golpear, mutilar e envenenar
Manter preso permanentemente em correntes
Manter em locais pequenos e anti-higiênico
Não abrigar do sol, da chuva e do frio
Deixar sem ventilação ou luz solar
Não dar água e comida diariamente
Negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido
Obrigar a trabalho excessivo ou superior a sua força
Capturar animais silvestres
Utilizar animal em shows que possam lhe causar pânico ou estresse
Promover violência como rinhas de galo e farra-do-boi


Fonte: G1 SC
VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Tubalcain Faraco, 21 - Centro - CEP: 88701-150 - Tubarão - SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital