sábado, 23 de fevereiro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Geral

Qual a melhor forma de adquirir um imóvel?

Publicado em 11/02/2019 16h14

Qual a melhor forma de adquirir um imóvel?

Apesar dos momentos de crise, o mercado imobiliário ainda se mostra um dos segmentos mais estáveis quando se trata de investimento. Isso não só por sua enorme gama de possibilidades de rendimento, mas também pela valorização dos ativos, que pode muitas vezes superar os juros de diversos produtos oferecidos por bancos e assessorias de investimento.


O melhor é que, se você tem interesse nesse mercado, seja você um investidor, recém-casado ou um jovem que deseja sair da casa dos pais, mesmo sem dinheiro guardado, há algumas possibilidades para que possa adquirir um imóvel.


A mais comum, sem dúvidas, ainda é o financiamento. Esse tipo de parcelamento oferece muito tempo para quitar o bem e, além disso, tem mais facilidades do que os outros meios. Entretanto, cada um tem suas vantagens e precisam ser estudados com cuidado. Abaixo, detalharemos as principais formas de adquirir um imóvel para que você decida em qual investir seu dinheiro.



Financiamento imobiliário

O financiamento imobiliário ganhou muita visibilidade no último ano, principalmente devido ao aumento do limite aplicado ao teto dos financiamentos em alguns dos principais estados. Porém, apesar das notícias, existem compradores que ainda não sabem o que esperar quando o assunto é o financiamento.


Trata-se de uma modalidade de aquisição que permite ao comprador uma grande quantidade de tempo para quitar o imóvel, tudo em parcelas baixas, mas com juros, às vezes, expressivos em relação ao valor venal do bem.


Para a instituição financeira, o processo funciona como um empréstimo, em que ela quita o imóvel desejado e cobra de quem o adquiriu com as taxas para cobrir os serviços prestados. 


É uma opção vantajosa para quem não conta com muito dinheiro no momento, mas pode ser onerosa se não houver uma boa pesquisa antes de fechar negócio. Um benefício é que, apesar de ser um parcelamento a longo prazo, a entrega do imóvel é imediata (caso não esteja em construção, por exemplo).



À vista

A principal vantagem em comprar um imóvel à vista é a quitação instantânea, bem como a entrega rápida do imóvel. Além disso, ela também permite negociar descontos e elimina qualquer quantia extra que envolva juros ou taxas, desde que não sejam ligadas exclusivamente às burocracias do imóvel (escritura e registro, por exemplo).


No entanto, comprar um imóvel à vista exige que o comprador tenha à disposição um grande valor em dinheiro, e isso gera outro questionamento, principalmente para quem quer comprar com foco em investimentos: não existe uma outra modalidade de investimento que pode trazer mais retorno com a mesma aplicação?


Por essa razão, caso a compra vá ter esse objetivo, o comprador deve fazer uma análise criteriosa das opções que tem e só com absoluta certeza investir o valor todo em um imóvel. Vale a pena também estudar o mercado para entender o momento.



Consórcio

O maior problema do consórcio já é um velho conhecido: a demora na obtenção do bem desejado. Portanto, se o imóvel precisar ser utilizado com urgência, essa não é a melhor opção!


Quando se entra em um grupo de consórcio, é paga uma quantia fixa e há, todos os meses, leilões e sorteios. Caso você ganhe, será contemplado com o dinheiro para adquirir o seu imóvel, mas não há nenhuma maneira de prever quando isso ocorrerá. O único prazo certo é o de encerramento dos grupos.


A vantagem do consórcio é não ter juros, mas para investimentos ou para quem precisa de uma casa para morar rapidamente, não é uma boa escolha, pois não permite a entrega imediata do imóvel.



VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital