Imbituba

As previsões continuam a se concretizar no WCT Brasil. Ontem, amanheceu com ondas muito pequenas na Praia da Vila, em Imbituba, para a continuação do Hang Loose Santa Catarina Pro 2009. As séries não passavam de meio metro de altura e a próxima chamada para a terceira fase foi marcada para as 7h30min de hoje.

O vento sul já começou a agir e deve mudar o tempo e as condições do mar para um possível reinício da competição amanhã. A etapa brasileira do ASP World Tour tem prazo até domingo para ser encerrada e precisa de um mínimo de dois dias de boas ondas para ser finalizado. Dos 48 participantes, 32 disputarão classificação para as oitavas-de-final do quarto desafio da temporada, com o defensor do título em Imbituba, Bede Durbidge, escalado na primeira bateria da terceira fase.

“Conforme estava previsto, o vento sul já entrou com swell de sudoeste, jogou a ondulação mais para o meio da praia, amanhã (hoje) começa a virar para sul/sudeste e quinta-feira (amanhã) acho que o mar alinha com esta ondulação sul/sudeste que é a melhor aqui para a Praia da Vila”, explica o diretor de prova, Xandi Fontes. “Começamos o evento com ondas grandes no fim de semana e, provavelmente, vamos terminar com ondas menores, mas com boa qualidade”, acrescenta.

Apesar das ondas pequenas, vários surfistas entraram no mar para treinar ontem, um dia ensolarado, porém, com o frio do inverno ainda atuando, mesmo que moderadamente pela manhã. Um deles foi o australiano Mick Fanning, único bicampeão da história da etapa brasileira do ASP Tour em Santa Catarina. A primeira vitória foi comemorada em 2006 e a segunda, no Hang Loose Santa Catarina Pro 2007, veio quando ele já tinha confirmado por antecipação a conquista do seu primeiro título mundial também em Imbituba, antes do encerramento da temporada em Pipeline, no Havaí.