A família de Renan Bressan assistiu a partida de ontem pela televisão e vibrou.
A família de Renan Bressan assistiu a partida de ontem pela televisão e vibrou.

Eduardo Ventura*
Tubarão

Artilheiro, melhor meia e melhor jogador do clube pentacampeão da Bielorrússia. Renan Bressan, de 22 anos, enche Tubarão de orgulho. Destaque do BATE Borisov, o jogador marcou ontem no empate com o Paris Saint-Germain, em casa, pelo mata-mata da Liga Europa.

O BATE encarou a primeira rodada da segunda fase sem ter jogado qualquer partida oficial desde dezembro. Mesmo assim, não se percebeu falta de ritmo. Os donos da casa chegaram à vantagem bem cedo, com Renan Bressan, mas Mevlüt Erdinç empatou para o PSG ainda antes do intervalo. Quando Mikhail Gordeychuk fez o 2 a 1, aos 36 minutos do segundo tempo, parecia que o BATE viajaria até Paris em vantagem, mas Péguy Luyindula, de cabeça, empatou, a um minuto do fim.

Renan Bressan agradeceu a torcida da família que o acompanhava pela televisão e os torcedores que foram ao estádio com um frio de -12ºC no momento da partida. Pedro Bressan, pai do atleta, é o mais orgulhoso pelo filho ter marcado em uma competição tão importante como a Liga Europa. “Vamos torcer para que ele faça um bom jogo na partida de volta e sua equipe passe adiante na competição”, espera o pai.

* Especial para o Notisul.