Priscila Loch
Timbó

Os tubaronenses amantes do futebol estão com o ‘coração na mão’. O Atlético Tubarão foi o último colocado no turno do Campeonato Catarinense e não faz uma campanha na segunda fase, está na 10ª posição, sem nenhum vitória em toda a competição.
Para piorar a situação, ontem, o time foi goleado pelo Metropolitano, por 4 a 1, de virada, fora de casa. Uma vitória quarta-feira será fundamental para que o clube fuja do rebaixamento no Campeonato Catarinense.

O Tubarão jogou mal em Timbó. Para se ter uma idéia, até os 25 minutos do primeiro tempo, não havia conseguido uma vez sequer chegar próximo ao gol. Mesmo assim, conseguiu abrir o placar, aos 31 minutos, com Carlinhos. Porém, cedeu o empate para os anfitriões em questão de um minuto.
Aldroni marcou aos 32 e Maicon ampliou aos 38. Leandrinho foi o grande nome na segunda etapa.

Ele ampliou para 3 a 1 aos três minutos e anotou o seu segundo na partida de pênalti, aos 31.
O recém-chegado técnico Arnaldo Lira não pôde fazer muito pelo Tubarão, até porque chegou apenas três dias antes do jogo, que teve apenas um cartão amarelo, logo a um minuto do primeiro tempo, para Fabrício, do Atlético.