Priscila Loch
Tubarão

Mais de 28,5 mil tiros (exatamente 28.633) foram disparados de sexta-feira a ontem em Tubarão. Os campeonatos Catarinense, Brasileiro on-line e Prova Tubarão (este para principiantes) ocorreram simultaneamente no Clube Caça e Tiro. Por apenas um prato, Tubarão perdeu a primeira colocação para Criciúma.
As três competições reuniram 168 atiradores, 18 deles que nunca participaram de competições – eles disputaram a Prova Tubarão e ganharam prêmios. O prefeito de Tubarão, Dr. Manoel Bertoncini, patrocinou. Os três primeiros colocados ganharam medalha de ouro (ouro de verdade!) e troféu até o quinto lugar. Além disso, uma carabina de pressão foi sorteada entre os inscritos.

A equipe de Tubarão faturou o primeiro lugar de todas as cinco categorias individuais disputadas (veja os quadros abaixo). “Estávamos um pouco preocupados por causa do feriadão, que muita gente fosse viajar. Mas não foi assim. Ocorreu tudo certo, uma excelente competição, com grande participação”, destaca o diretor de comunicação social do Caça e Tiro, Gilson Schmitz Michels.
Um público de aproximadamente 2,5 mil pessoas esteve no clube durante os três dias de provas. A próxima etapa do Catarinense será em Criciúma, nos dias 16 e 17 de maio.

Individual
Categorias
• AA – Dilmar Fernandes Júnior, o Peco (Tubarão).
• A – Flávio Krueger (Tubarão).
• B – Loelson Fernandes, o Ferrinho (Tubarão).
• C – Maicon Reis, o Hera (Tubarão).
• Iniciantes: Erivaldo Francisco (Tubarão).

Resultado equipes
• Criciúma 762 pratos
• Tubarão 761
• Concórdia 749
• São José 749

Individual TB
1º) Dilmar Fernandes Júnior, o Peco.
2º) Ludson Amaro, o Luda.
3º) Flávio Krueger.
4º) Valdir Zacaron, o Tizzo.

Brasileiro
• Maicon Reis (Tubarão) – 1º lugar na categoria B.
• Valdir Abel (Criciúma) – 1º na AA.
• Cláudia Marath (Pomerode) – 1º no feminino.