Tubarão

Dois dos três problemas de contusão do técnico Nelsinho para a partida de amanhã na estreia do time da Seguridade/Unisul estão resolvidos. Deives e Gustavo estão à disposição do treinador para o jogo contra o Garça. Já Diegão, pode ficar 30 dias parado por causa de uma lesão no adutor.

O caso de Diegão é o mais grave. Ele fez uma ressonância magnética e o resultado sai segunda-feira. O jogador pode ficar fora da equipe durante um bom tempo.
Gustavo, que também fez ressonância pela pancada forte que recebeu no joelho, está mais tranquilo depois de alguns dias apreensivo. O resultado do exame acusou uma leve lesão e o jogador já treinou normalmente e está à disposição de Nelsinho.

“Deives e Gustavo treinaram separados durante a semana pelas contusões. São dois jogadores fundamentais para a nossa equipe e contar com eles é importante e traz segurança para todo o grupo nesta estreia”, completa Nelson Bavier.
A equipe viajou ontem para São Paulo, onde enfrenta o Garça amanhã, às 19h15min, e na segunda-feira, no mesmo horário, o São Paulo/Suzano.