Os pilotos precisaram encarar um terreno arenoso e com muita inclinação
Os pilotos precisaram encarar um terreno arenoso e com muita inclinação

 

Gravatal
 
Cerca de 80 pilotos agitaram Termas do Gravatal no fim de semana, na segunda etapa do Campeonato Catarinense de Downhill. Com uma pista extremamente seca, escorregadia e que permitia pulos enormes, os pilotos tiveram que aprimorar as suas técnicas e andar em um solo um pouco diferente do habitual. 
 
Em um terreno arenoso e com muita inclinação, os freios não foram suficientes para segurar as bicicletas, o que exigiu muita habilidade e técnica dos pilotos. No fim dos 300 metros de desnível e mais de dois mil metros de pista, o ibiramense Lucas de Borba, da categoria geral, quebrou o recorde da prova, ao completar o trajeto em 3min05seg.
 
Na categoria elite, o melhor resultado ficou com Doron Catoni, de Timbó, com o tempo de 3min09seg. Entre os pilotos da região, o destaque ficou com Guilherme Machado de Cocal do Sul, que faturou o primeiro lugar na categoria sub-30, e Lucas Volpato, de Braço do Norte, que se sagrou campeão na categoria estreante rígida.