Florianópolis

A derrota por 1 a 0 para o América Mineiro sábado deixou os atacante do Figueirense Willian e Marcelo Nicácio irritados. Eles ainda não marcaram na Série B e viram a equipe deixar escapar a liderança do Brasileirão da Série B.
Mesmo assim, eles recebem um bom apoio. Ontem, após a chegada da equipe a Florianópolis, o técnico Marcio Goiano justificou a ligação com o ataque como problema a ser solucionado.

No jogo de sábado, a equipe criou poucas oportunidades e praticamente não deu trabalho ao goleiro adversário. Apesar disso, o técnico não criticou os atacantes. Para Goiano, os jogadores devem assumir as suas responsabilidades. “As bolas não chegam tão mais claras para esses dois atacantes. A gente tem que cobrar desses atletas que fazem com que essa bola chegue para eles”, justifica.

O treinador aponta ainda que lida com um elenco jovem e não pode prejudicar o fator psicológico dos jogadores. “A gente tem que ser inteligente nesse momento, não transmitir responsabilidade apenas para este setor”, avalia.

Goiano trabalha hoje para que os atletas superem a derrota e estejam mais tranquilos para o jogo contra o Náutico, amanhã à noite. Ele espera um grande público no Orlando Scarpelli para encarar o time considerado um dos mais experientes. A partida vale uma vaga no G4 da Série B.