Marco Antonio Mendes
Tubarão

O atacante Orlando, apesar de machucado, foi o primeiro jogador a ser dispensado do Atlético Tubarão, ontem. A diretoria tem evitado falar em rescisões contratuais, e tampouco confirma os nomes dos outros atletas que estão na lista.

Um dos jogadores que estão ‘na forca’ relata que os que sofreram lesão devem continuar o tratamento que irá durar, pelo menos, mais uma semana. Os futuros dispensados, segundo ele, nem chegaram a treinar com o técnico Arnaldo Lira, que começou os seus trabalhos na Vila no começo do mês.

O treinador afirma que a equipe possui excessos. “Temos oito jogadores sobrando. Não temos como treinar todo mundo ao mesmo tempo. Se o Tubarão passa por dificuldades financeiras, para que mantê-los?”, analisa Lira.

Treino
Das arquibancadas do estádio Domingo Gonzales, dezenas de torcedores acompanharam o treino técnico e físico do Atlético Tubarão na tarde de ontem.
O treinador resolveu não fazer grandes mudanças na equipe e no esquema tático. O ala esquerdo Ranieri teve que deixar o treinamento porque se machucou, mas, amanhã, segundo Lira, já deve estar de volta a campo.

O ala direito Jairo Santos também passa por recuperação e só voltará a treinar com toda a equipe amanhã, quando será divulgada a escalação oficial do time que jogará contra o Joinville, pela sexta rodada do returno do Capeonato Catarinense da Divisão Especial, domingo, às 20 horas, no estádio da Vila.