William Lampert/CA Tubarão/divulgação/Notisul
William Lampert/CA Tubarão/divulgação/Notisul

Tubarão

O Clube Atlético Tubarão começa a focar no próximo compromisso, a Copa Santa Catarina, marcada para setembro no calendário da Federação Catarinense de Futebol. Após encerrar sua participação na Série D, o departamento de futebol está definindo individualmente a situação de cada jogador com o contrato vigente. 

O presidente do Clube Atlético Tubarão SPE, Luiz Henrique Martins Ribeiro, por meio de entrevista coletiva no Estádio Domingos Silveira Gonzalez, fez um balanço do ano, sobre acertos e erros da temporada, e projetou algumas mudanças para a sequência do Peixe.

“Precisamos de um modelo de jogo do clube. Uma filosofia de futebol do Tubarão e não um sistema de jogo. Para o próximo ano, vamos reestruturar a forma de montagem. A ideia é que a gente contrate 16 jogadores de linha e dois goleiros, sendo os demais em formação ou “pré-prontos”. Vamos ter uma espinha de atletas que já estejam aqui no clube”, afirmou o presidente.

Sobre a Copa Santa Catarina, mandatário tricolor afirma a necessidade de fazer uma competição mais forte, para melhorar o calendário do ano. “Entendo que é o único campeonato do ano que temos condições reais de vencer. Não só nós, mas os clubes da parte de baixo da tabela do Catarinense. Temos que brigar pelo título, é necessário, já fomos campeões em 2017”, destacando.

Durante o recesso no futebol profissional, as categorias de base do clube, sub-20, sub-17 e sub-15, continuam disputando o Campeonato Catarinense. O sub-17 ainda terá pela frente a Copa do Brasil, que será disputada em agosto.