Tubarão

A Unisul/Seguridade/Penalty reabilitou-se da derrota sofrida para o Teresópolis em seu último jogo, sábado, e ontem à noite, em casa, bateu o CER Atlântico, por 5 a 2. Com o resultado, os tubaronenses chegaram aos 25 pontos e subiram para a sexta posição na classificação da Liga Futsal 2008. Os gaúchos caíram para oitavo, com 23 pontos.

O Atlântico iniciou a partida de forma ofensiva, pressionando a saída de bola do time da casa e logo conseguiu abriu o placar com gol anotado por Grilo a um minuto de jogo. Tininho, no meio da quadra, tinha a posse de bola e, com a cabeça erguida, notou a entrada em diagonal de Grilo e, com um belo passe, deixou o companheiro na cara do gol.

Na seqüência, Ferrão teve a chance para ampliar para o clube gaúcho, porém, acabou parando na grande defesa do goleiro Ivan. A Unisul então resolveu entrar em quadra e Cabreúva começou a criar boas jogadas de ataque para o clube catarinense, que buscava a igualdade no confronto.
Em boa jogada, ele encontrou Pakito livre no meio, que bateu para defesa parcial de Dudu.

No rebote, novamente Pakito bateu para marcar. A velocidade era a maior arma dos catarinenses que chegaram ao segundo gol em jogada pela lateral. Paraíba carregou a bola até a linha de fundo, cortou para o meio e bateu forte para igualar o placar, sem chances de defesa para o goleiro do Atlântico.

No segundo tempo, Cabreúva continuou bem e criou a jogada do terceiro gol catarinense na noite. Em jogada individual, ele tentou a finalização contra Dudu, que defendeu. No rebote, Christian aproveitou e bateu para ampliar. Logo na seqüência, os gaúchos conseguiram a reação e diminuíram o placar, com gol de Ferrão.

Mas, logo em seguida, os catarinenses chegaram ao quarto gol, marcado mais uma vez por Pakito. No fim do jogo, o mesmo Pakito, grande destaque da Unisul na noite, marcou o quinto tento de seu clube em cobrança de tiro livre sem barreira, fechando o placar.