Tubarão

Com o Ginásio Salgadão lotado, o time da Seguridade/Unisul mostrou garra e vontade de vencer a sua primeira partida na Liga Futsal. O time do Corinthians/São Caetano não suportou a pressão durante os dois tempos e perdeu por 6 a 1, sábado à noite. O próximo jogo da Unisul será hoje à noite, às 20h15min, no Ginásio Salgadão, contra o Carlos Barbosa.

Desde o início do primeiro tempo, o time tubaronense demonstrou pegada e não deixou a equipe paulista jogar. As oportunidades perdidas nos jogos anteriores não ocorreram desta vez. A goleada começou com um lindo gol de Jonas, de chute sem pulo, no ângulo do goleiro Lima. Christian fez o segundo depois de um contra-ataque armado por Jeffe, o destaque do jogo. Na saída de bola do Corinthians/São Caetano, Paulinho Japonês, em jogada individual, tocou para Chico descontar. O fixo Jeffe fez o terceiro. Após lindo lance individual, o fixo tocou para Jonas, que devolveu para ele fazer na saída do goleiro.

O segundo tempo não alterou. A equipe de Tubarão continuou a pressão e não permitiu a reação do time paulista. O quarto gol saiu dos pés de Deives. Ele viu a entrada livre de Gordo, que pisou na bola, tirou o goleiro da jogada e bateu por cobertura. Ariel, em um contra-ataque rápido, fez o quinto e Deives, em um lindo toque por cobertura, fechou o placar.

Jeffe, que está fora da partida contra o Carlos Barbosa pelo terceiro amarelo, foi o destaque do jogo. “Mostramos pegada e muita garra. Já tínhamos jogado bem nas duas partidas anteriores. Desta vez, criamos e fizemos”, declara Jeffe.
O Carlos Barbosa, adversário desta noite, perdeu para o Florianópolis Futsal por 4 a 2, também sábado. A torcida promete de novo lotar o ginásio.

Treinador espera novamente apoio da torcida no jogo da noite de hoje
Após a goleada em cima do Corinthians, a Seguridade/Unisul enfrenta o Carlos Barbosa, líder da Liga Futsal, hoje, às 20h15min, no Ginásio Salgadão. O técnico Nelsinho está confiante e espera novamente o apoio da torcida.

Fazer o gol depois de várias finalizações desperdiçadas nos dois jogos iniciais da Liga parece que deixou de preocupar o técnico, pelo menos no jogo contra o Corinthians/São Caetano. “Treinamos muito este fundamento na semana e conversamos mais ainda com os jogadores sobre isso. O resultado veio no jogo de sábado. Fizemos seis gols e poderíamos ter feito mais. O time criou e mostrou aonde quer chegar”, destaca o técnico.

Contra o Carlos Barbosa, o técnico espera que a equipe mantenha a mesma pegada e vontade de vencer. “Será um jogo muito complicado, pois o Carlos Barbosa vem bem na competição e teremos que ter cuidado. E vamos, ao mesmo tempo, mostrar ao torcedor que estamos no caminho certo. No jogo de sábado, recebemos o apoio da torcida e esperamos que eles voltem a nos incentivar nesta difícil partida”, completa.