O seu nome esteve em discussão nas casas de apostas, já que foi um dos principais responsáveis por levar a seleção italiana à final da Eurocopa. A competição chegou ao fim, no dia 11 de julho, com a Itália a sagrar-se Campeã da Europa, mas as apostas esportivas continuam. Receba seu código bônus bet365 e siga, de perto, as várias competições a decorrer.

É verdade que os torcedores brasileiros se dividem na hora de apoiar Jorginho, pois enquanto se orgulham por um compatriota brilhar ao mais alto nível no futebol mundial, também se questionam porque o jogador optou por jogar pela seleção italiana e não pela brasileira.

Jorginho chegou a sonhar em criança jogar com as cores do Brasil, mas depois de participar, nos sub-21, em jogos envergando a camisola italiana, decidiu aceitar a convocação para a equipa principal.

O meia-campista joga pela Azzura, desde março de 2016 e soma um total de 35 jogos, com cinco gols e duas assistências.

Nascido a 20 de dezembro de 1991, em Imbituba, o jogador mudou-se, em 2007, para o Verona. Curiosamente, o pai de Jorginho é descendente de italianos, da família Frello, originária de uma aldeia na província de Vicenza.

Na temporada 2010-11 foi emprestado ao Sambonifacese, time da série 2 italiana e regressou ao Verona em finais de 2011.

Entre 2014 e 2018, o jogador defendeu as cores do Napoli, sendo decisivo em algumas das vitórias da equipa.

É, desde 2018, jogador do clube inglês Chelsea. Equipa com quem tem contrato até junho de 2023.

Conta, no seu palmarés, a copa Itália 2013/14 e supercopa da Itália 2014, pelo Napoli. Venceu, com o Chelsea, a Liga Europa da UEFA 2018/19 e a Liga dos Campeões da UEFA 2020/21 e o seu título mais recente, a Eurocopa 2020, pela seleção italiana.

Em nome individual, o jogador foi distinguido com a sua nomeação para Equipe ideal da Liga Europa da UEFA 2018/19 e Equipe ideal da Liga dos Campeões da UEFA, em 2020/21.

Na ficha de vencedores da Eurocopa 2020, constam ainda mais dois nomes de jogadores brasileiros que se naturalizaram e ajudaram a Itália a conquistar o título europeu: Rafael Toloi, chamado pelo técnico Roberto Mancini em março de 2021 e Emerson Palmieri, que se estreou na seleção italiana em 2018.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul