Marco Antonio Mendes
Tubarão

Dois novos reforços chegaram ontem ao estádio Anibal Costa. Márcio Abreu e Esquerda são as principais contratações do Hercílio Luz para o Campeonato Catarinense da Divisão Especial. Junto com eles, somam-se Restinga, que está desde o início da semana no estádio, e Cristiano Rosa, que ainda não chegou. Estes quatro jogadores serão, segundo o treinador Paulo Cunha, a aposta do time tubaronense.
“Eles são os atletas de maior peso, mas também não serão os únicos. Teremos todos que trabalhar em equipe para fazer um bom campeonato”, adianta o técnico.

E é esse o pensamento que Márcio Abreu e Esquerda já têm. Ao saber do tamanho do peso que terão que carregar, anunciam que é importante um trabalho com todos muito unidos para conquistar o mesmo objetivo.
“Venho de times que eu já era um dos responsáveis por ajudar a levar a equipe. Sei dessa responsabilidade e vamos tentar fazer um trabalho bom para entrar em campo com o pé direito”, avisa Márcio Abreu.
O zagueiro de Três Coroas, cidade gaúcha, iniciou no juvenil do Grêmio, passou pelo Criciúma, Próspera, Cachoeira e algumas equipes de São Paulo.

Esquerda também teve passagem pelo Cachoeira (time que passou pela mesma situação do Hercílio Luz quando desfez a parceria com o Estrela Real), além de Marsaxlokk, em Malta, ao sul da Itália, e alguns times do interior paulista. O seu verdadeiro nome é Alessandro da Silva, que viajou 16 horas de São José do Rio Preto, no interior paulista, até Tubarão.

Ao ver uma equipe bastante jovem, Esquerda destaca que a interação entre jogadores mais novos com mais velhos é fundamental. “Tem que ter essa mescla. É bom para eles, que aprendem com a gente também, e é bom para nós, que acabamos entrando no pique deles”, diz o atleta de 29 anos.