Marco Antonio Mendes
Tubarão

Com o início do returno do Campeonato Catarinense da Divisão Especial, os dirigentes do Hercílio Luz estão tratando de arrumar o time. Nestes últimos dias, alguns jogadores deixaram o estádio Anibal Costa e outros chegam para compensar.

Foram quatro dispensas, entre zagueiros, atacantes e meias. Ainda pendente está Juninho Laguna. O jogador diz que recebeu uma proposta de outro time. No entanto, tem contrato até o fim do ano e a diretoria não quer liberá-lo caso não receba por isto.

Na tarde de ontem, o atleta não compareceu ao treino com o restante da equipe.
“É muito fácil vir aqui, treinar, jogar uma ou duas partidas, receber o salário e sem compromisso algum ir para outro time”, reclamava o presidente do Hercílio Luz, Édio Braz Ricardo.

Se por um lado há algumas saídas, novos jogadores chegam para disputar o estadual e defender a camisa branca e vermelha. O volante Samuel chegou no último fim de semana. Até quinta-feira, o clube ainda recebe o meia Lessa do futebol amador; o atacante Fernando da equipe júnior do Avaí; e, em teste, estará o atacante Guilherme.

A preocupação agora será na preparação destes reforços. “Não sabemos como eles chegarão aqui. Teremos que avaliá-los e começar a trabalhar com os atletas para ficarem no mesmo nível do restante do time”, explica o preparador físico, Sílvio Rogério. Por 15 dias, os atletas realizaram a pré-temporada e, desde a semana passada, dedicam-se aos treinos técnicos e táticos.