Marco Antonio Mendes
Tubarão

No início da noite de ontem, 11 jogadores do Hercílio Luz foram dispensados do clube. Segundo o supervisor de futebol Eduardo Ventura, os atletas que deixaram o Anibal Costa fazem parte do grupo de juniores e era necessário reduzir alguns custos.

“Gastávamos com alimentação para 40 pessoas e isso tem um custo para nós. Agora, ficaremos com 22 jogadores profissionais e mais cinco de juniores”, explica Eduardo.
Na lista estão os zagueiros Anderson Luis, Marcelo e Baiano; o goleiro Guilherme; os meias Guga, Ricardo e Eider; e os volantes Robson e Jonas. Outros dois, que fazem parte dos dispensados, não tiveram os nomes divulgados.

Na tarde de ontem, durante os treinos, o técnico Paulo Cunha disse que, até então, não sabia quais atletas deixariam o time. “Sei que temos que baixar os custos do plantel, mas ainda não definimos as dispensas”, ressalta.
Com as dispensas, dois novos reforços chegam à equipe. Ontem, 19 atletas foram registrados na Federação Catarinense de Futebol e hoje mais oito devem estar regularizados para participar do campeonato.

“Para a estréia, o Hercílio já tem condições de jogo”, declara o supervisor de futebol.
Durante o restante da semana, o time treinará com os portões do estádio fechados. De acordo com o treinador, é para “preservar a concentração dos atletas que farão coletivos e treinos intensos até o dia da estréia”.
A primeira rodada será realizada neste domingo, às 15 horas, no estádio Anibal Costa. O jogo será contra o Juventus.