Rio de Janeiro (RJ)

A vontade de Guga de voltar a disputar Roland Garros este ano pode ter um motivo especial. O tenista teria a pretensão de realizar uma turnê de despedida do esporte, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo.

Aos 31 anos, Gustavo Kuerten não disputa uma partida de simples desde março de 2007. Agora, o tenista estaria preparando-se para brilhar em seus últimos torneios profissionais. O catarinense teria escolhido competições que marcaram a sua carreira, como o Masters Series de Miami, onde chegou à final diante do mito Pete Sampras.

O grande momento da turnê de despedida não poderia ser diferente. Embora ainda precise receber um convite da organização, Guga gostaria de disputar pela última vez o Grand Slam que o consagrou, Roland Garros. O tricampeão pensa, inclusive, em usar o uniforme azul e amarelo com o qual conquistou o seu primeiro título da competição, em 1997.

Outro provável destino do tenista seria o ATP de Stuttgart, na Alemanha, que começa no dia 7 de julho. O adeus à torcida brasileira seria em três torneios: o Brasil Open, em fevereiro, o Challenger de Santa Catarina, em abril, e a Copa Davis, que começa em fevereiro deste ano.

“Depois, tenho planos de seguir trabalhando com tênis, na academia do Larri (Passos, seu treinador) e no meu instituto”, revela Guga. A assessoria de Guga negou ontem que o ex-número 1 do mundo encerrará a sua carreira após série de torneios neste ano.