Palhoça

Mais de 330 atletas de todo Brasil participam até este domingo da 59ª edição do Campeonato Brasileiro de Masters de Natação, no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça. Esta é a primeira de quatro etapas em disputa pelo Circuito Brasileiro ABMN. Também será um grande preparativo para os nadadores que competirão em Budapeste, na Hungria, o Campeonato Mundial Masters.
De acordo como representante da Argentina no certame, Omar Peleda, o Brasileiro Master é a única competição que coloca em disputa a prova de 1500 metros na América do Sul. “Conheci a Unisul no ano passado. Muito importante esse campeonato, é o único lugar em que se compete a 1, 5 mil metros, na Argentina e no Uruguai não. Somente o Brasil, isso me agrada muito. As pessoas me tratam muito bem aqui, a organização é bem atenta”, parabeniza.
A recordista de várias marcas nacionais e internacionais, Claudia Adelina de Menezes Carrapatoso da Costa, está com o treinamento forte focado para o Mundial de Budapeste. “Será o meu primeiro Mundial. Participei de duas Olimpíadas de máster, mas nunca fui num Mundial, que tem o nível mais forte. Vim para esse campeonato já pensando nas provas que vou nadar na Hungria. Como nado muito maratona aquática, estou meio fora das piscinas”, revela.
Algumas modificações foram realizadas no regulamento do Circuito e das competições para a temporada. Entre elas a extinção da pontuação com divisão por equipes (grande, média e pequena, de acordo com o número de atletas) e a criação do Campeonato de Revezamentos. Nele, serão premiadas as equipes que conseguiram mais pontos. No fim do circuito haverá uma premiação extra para a equipe campeã brasileira de revezamentos, somando-se todas as pontuações obtidas nas quatro etapas do circuito.