Marco Antonio Mendes
Tubarão

Dependendo apenas da própria equipe para sonhar com uma classificação à final da Copa Santa Catarina, o Atlético Tubarão deixou escapar mais uma vez a grande oportunidade. E que oportunidade!
Com o time bastante diferente daqueles que entraram em campo nas duas partidas iniciais da competição, os comandados de Marcelo Cabo mostraram melhor preparação. Pressionaram mais, partiram mais para o ataque. Mas perderam oportunidades e viram a Chapecoense virar o placar e vencer por 2 a 1.

Agora, a equipe do oeste lidera o Grupo B e terá que aguardar o confronto entre Joinville e Atlético Tubarão, no fim de semana, para saber se vai às finais ou não. Os tubaronenses, por sua vez, vão ao norte do estado apenas para cumprir tabela, já que não possuem mais chances de classificação. O técnico Marcelo Cabo, porém, acredita que não é por este motivo que o time desanimará e não buscará, pelo menos, uma vitória.

“A campanha não foi boa, com certeza. Dos três jogos, não ganhamos um. Mas aí você tem que fazer uma avaliação. Começamos a nos preparar alguns dias antes do campeonato. O que vimos hoje (ontem) foi uma partida de igual para igual com um time que está treinando há mais tempo que nós”, disse Marcelo, após a derrota.
Hoje, jogam pelo, Grupo A, Avaí e Metropolitano, às 18h30min, no estádio da Ressacada. O confronto do Atlético Tubarão, em Joinville, será domingo, às 16 horas.

Equipe de Tubarão não aproveitou as oportunidades
No primeiro tempo, o Atlético Tubarão começou pressionando bastante a madura equipe da Chapecoense. Com boas jogadas, soube conduzir os minutos iniciais, mas perdeu oportunidades de aproveitar a vantagem sobre os visitantes. O primeiro gol viria apenas nos minutos finais, quando, de cabeça, Leandrão abriu o placar para o time da casa. A Chapecoense aproveitou o acréscimo de dois minutos e fechou o primeiro tempo empatado, com um gol de Éder, também de cabeça, por cima do goleiro.

No segundo tempo, o técnico Marcelo Cabo resolveu não mudar nada na equipe. “Time que está dando certo a gente não muda”, disse. Só que o que parecia que haveria aumento de rendimento pelos dois lados, mostrou-se ainda mais morno. Nem com a vantagem de ter um jogador a mais que a Chapecoense, o Atlético Tubarão conseguiu aumentar a vantagem. Muito pelo contrário, foram os adversários que garantiram a vitória nos minutos finais, com um gol de Thoni.