Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

FLORIANÓPOLIS

Em algum momento da temporada, o Atlético mostrou bastante fragilidade. A defesa não funcionava, o ataque era inoperante. O meio-campo não existia e o treinador perdia a cabeça nos bastidores tentando agredir jornalista. Isso mudou. A prova disso são os últimos resultados. Na noite desta quarta-feira, o Galo venceu o Figueirense, por 1 x 0, em duelo no Orlando Scarpelli, e saiu na frente na luta pela classificação para a quarta fase da Copa do Brasil.

A mudança atleticana passa pelas mãos de Thiago Larghi. O interino alvinegro vem ganhando confiança a cada partida e seus resultados agradam. O Galo antes encontrava dificuldades em partidas fáceis. Agora, os resultados acontecem. São nove gols marcados e um sofrido nos últimos quatro jogos. A efetivação do treinador ainda é avaliada.

Na noite de ontem, o Galo seguiu com sua estratégia que vem adotando recentemente. O adversário tem a bola para jogar. A equipe mineira esperou o Figueirense em seu campo defensivo, na maior parte do jogo, e buscou os contra-ataques. Assim saiu seu tento que decretou o resultado positivo.

Agora o Galo precisa apenas de um empate para se classificar. O próximo duelo acontece daqui a duas semanas, em Belo Horizonte.

Antes, o Atlético se prepara para o clássico contra o Cruzeiro, no domingo, às 11h, no Independência, em confronto pelo Campeonato Mineiro.