Foto: ReinaldoRLJ/ASTFSM/Divulgação
Foto: ReinaldoRLJ/ASTFSM/Divulgação

Laguna (SC)

A expectativa por ondas acima de 12 pés, equivalente a 3,5 metros, na Praia do Cardoso é grande entre a comunidade do surf. A janela de espera do Desafio de Ondas Grandes começa dia 18 de maio e encerra 31 de outubro. No ano passado, o campeonato não ocorreu devido à ausência de grandes ondulações. A premiação é de R$ 50 mil em dinheiro aos competidores. 

Na última semana de fevereiro, organizadores e a equipe do Governo Municipal estiveram reunidos para tratar da continuidade da parceria, estratégias e ações. Estiveram na reunião o secretário de Turismo, Evandro Flora Carneiro; de Obras, Jonatan Nascimento; do Planejamento, Silvania Cappua; da Fazenda, Luciana Pereira; presidente da Fundação Irmã Vera, Valmor Packer e organizadores.  

O Governo do Estado repassou R$ 200 mil reais através de convênio com a Associação de Surf Tow-in In Farol de Santa Marta e de Jaguaruna. O evento conta com a parceria da Federação Catarinense d Surfe (Fecasurf), patrocínio da Mormaii, Fesporte e Prefeitura de Laguna. 

O presidente da Associação de Surf Toiw-In do Farol, Reinaldo Langer, descreveu o evento como “algo histórico e inédito”. A intenção é integrar a Praia do Cardoso no campeonato mundial de ondas grandes. Com a abertura da janela e com ajuda da tecnologia, os competidores serão informados com dias de antecedência o período do campeonato.