O time do Hercílio Luz até fez boas jogadas, mas perdeu muitas chances de gol e acabou derrotado   - Foto: Divulgação/Notisul
O time do Hercílio Luz até fez boas jogadas, mas perdeu muitas chances de gol e acabou derrotado - Foto: Divulgação/Notisul

Chapecó

O Leão do Sul bem que tentou, teve ótimas chances de abrir o placar, mas saiu de campo derrotado na noite de ontem, em Chapecó. O time da casa e líder da competição saiu vitorioso: 2 x 0 e garantiu vaga à disputa do título do Estadual pela 15ª rodada. Os gols da partida foram marcados por Elicarlos, no primeiro tempo, e Wellington Paulista, de pênalti.

Com a vitória em casa, a Chape permaneceu com a invencibilidade dentro da Arena Condá e revidou a derrota no primeiro turno, e está com 36 pontos, líder isolado e não pode ser mais alcançado. O Hercílio Luz ainda têm chances de ser rebaixado, com a derrota, e está com 14 somados, mas confiante em conquistar os três pontos que faltam para se manter na elite, segundo matemáticos (ainda disputará uma partida em casa – Concórdia – na próxima quarta-feira). 

O primeiro tempo entre as equipes foi bem movimentado. A Chapecoense queria a classificação antecipada, enquanto o Hercílio Luz sair das proximidades da zona de rebaixamento. As duas equipes buscaram o gol e tentaram buscar as oportunidades de gol. Aos 11 minutos, Tiago Pará teve chance diante de Jandrei, mas mandou para fora. Mas jogando em casa e com time superior, o Verdão do Oeste conseguiu abrir o placar, aos 44 minutos, com golaço de Elicarlos e saiu para o intervalo com a vantagem.

Na segunda etapa, a partida continuou movimentada com chances aparecendo para os dois lados. Contudo, a qualidade da Chape se sobressaiu na partida. Aos 34 minutos, Guilherme sofreu pênalti, e na cobrança Wellington Paulista, que balançou a rede de Lucas Alves: 2 x 0.

O Atlético Tubarão, que vem de uma derrota, justamente para a Chape, encara o Brusque na noite de hoje, no Vale do Itajaí, e quer reencontrar o caminho da vitória.