Tubarão

O Hercílio tem mais um confronto decisivo no Campeonato Catarinense. Desta vez, o Leão do Sul volta a atuar em seus domínios, no Estádio Aníbal Costa, que deverá receber bom público neste domingo à tarde. A partir das 16h, o colorado de Tubarão entra em campo para tentar sua terceira vitória na competição, chegar aos 14 pontos e ficar bem perto da sua manutenção na elite do futebol do Estado para 2020.

O adversário desta vez é a Chapecoense, vice-campeã do ano passado e uma das agremiações favoritas ao título nesta temporada. O técnico do Leão, Canindé Oliveira, deverá repetir boa parte do time titular que empatou contra o Joinville na noite desta quinta-feira, na Arena do JEC. Martins deve novamente ser o titular do gol hercilista, Lima deve sair jogando, mas ainda não foi definido se o grupo entra com dois atacantes, já que só a vitória interessa. 

Pelo lado da Chape, depois de dois jogos sem vencer em que utilizou o time titular, na derrota para o Joinville por 2 a 1 e no empate contra o Atlético Tubarão, agora um time reserva enfrentará o Hercílio.

O objetivo é preservar o time principal para o confronto da próxima quarta-feira, contra o Criciúma, pela Copa do Brasil. O técnico interino, Emerson Cris, disse que os resultados não influenciaram na decisão de jogar com um time alternativo.

“Nós já tínhamos uma programação para esses três jogos, contra Tubarão, Hercílio Luz e Criciúma. Tínhamos um planejamento pré-estabelecido de usar o time principal contra o Atlético e um alternativo contra o Hercílio, preservando o grupo principal para o jogo contra o Criciúma”, destacou Cris.