Fotos: Divulgação/Notisul
Fotos: Divulgação/Notisul

Tubarão/Blumenau

O Campeonato Catarinense entra para sua reta final a partir deste fim de semana, quando será disputada a 13ª rodada – são 18 no total. Peixe e Leão do Sul têm duelos complicados pela frente, e precisam somar pontos para ainda sonhar com a permanência na Série A em 2020.

O Hercílio Luz terá uma grande chance de abrir pelo menos seis pontos do atual lanterna do Estadual, o Metropolitano, que tem sete pontos ganhos. Os times se enfrentam neste sábado, às 16h, no Estádio do Sesi, em Blumenau. O triunfo conquistado no domingo passado, contra o então líder, Avaí, por 1 a 0, gol da sensação colorada, Kayron, que faz dupla de ataque com Lima, deu outros ânimos ao plantel treinado por Oliveira Canindé, que parece ter encontrado a formação ideal para as próximas partidas.

O Hercílio ainda terá pela frente, após este jogo de ‘seis pontos’ no Vale do Itajaí, o Joinville, também fora de casa (dia 21), a Chapecoense, na Toca (dia 24), o Figueirense, no Aníbal Costa (dia 31), o Marcílio Dias, fora, (dia 3-4), e fecha sua participação no Estadual contra o Criciúma, em casa (dia 14 de abril).

Pelo lado tricolor, a tarefa deste fim de semana também será complexa. O  Peixe enfrenta o Criciúma, neste domingo, às 16h, no Estádio Domingos Silveira Gonzalez. De técnico novo, o terceiro na temporada, o grupo de jogadores está com boas expectativas para o confronto. “Quando cheguei, falei que nós tínhamos dez finais. São mais seis agora. Domingo é uma decisão de Copa do Mundo. Temos que jogar como se fosse o último jogo das nossas carreiras”, destaca o zagueiro Edimar.

O novo comandante, Luizinho Vieira, poderá contar com o defensor no próximo duelo do tricolor. Recuperado de uma lesão na panturrilha, que o afastou dos gramados nas últimas duas rodadas, o atleta projeta uma partida com equilíbrio, que pode ser decidida nos mínimos detalhes. “Estou 100% recuperado e à disposição do treinador. O elenco tem qualidade, mas precisamos mostrar isso dentro de campo. Temos que dar a resposta no gramado. Eles também não estão em uma situação boa. É preciso ter atenção em todos os detalhes”, acrescenta Edimar.

Os próximos compromissos do Atlético Tubarão no Catarinense serão contra a Chapecoense, fora (dia 20), o Brusque, em casa (dia 25), o Avaí, na capital (dia 31), o Metropolitano, na Vila (dia 3), e fecha sua participação contra o Joinville, na Arena (dia 14).