Marco Antonio Mendes
Tubarão

Rafaelli Graniti foi confirmado como o novo treinador do Atlético Tubarão. Ele assistirá ao jogo contra o Joinville, esta noite, na Arena, a partir das 19h30min, pela segunda rodada do returno do Catarinense. Graniti já teve passagens pelo Criciúma e Joinville, além de ter passado por Tubarão.
O comando do Atlético esta noite, no entanto, fica com o diretor de futebol Robertinho Rodrigues, que dividirá a função com o auxiliar-técnico Rodolfo Oliveira. Robertinho, aliás, chegou a comandar o time no ano passado, justamente contra o JEC, quando o time negociava com um novo comandante.

Nos trabalhos da tarde de ontem, Rodolfo tentou organizar uma equipe que pudesse demonstrar opções nas substituições. “Não temos muito o que fazer por causa do número limitado de jogadores, mas como conheço o time há bastante tempo, sei como cada um pode trabalhar em setores diferentes”, disse o auxiliar-técnico.

Para a partida desta noite, o Atlético Tubarão não poderá contar com o atacante Fábio Bala, que voltou a sentir dores musculares. Em seu lugar, o auxiliar-técnico Rodolfo Oliveira pensou em colocar Ernesto. O volante Rocha é que deve voltar a integrar o time. Ele havia ficado de fora na última partida, na derrota sobre o Figueirense, em casa.
Com quatro pontos e na lanterna da classificação geral, o Atlético Tubarão terá que suar para conseguir os três pontos. Ainda mais que o artilheiro da competição, o atacante Lima, recuperou-se de uma lesão e não desfalcará o Joinville, como previsto.

O volante Benson, que chegou ao time na semana passada, chega a ficar irritado ao pensar na possibilidade de o time não conseguir sair da zona de rebaixamento. “Se nós que somos os jogadores não acreditarmos, então nem precisamos mais jogar. Se entramos em campo é porque acreditamos em trazer bons resultamos e melhorarmos esta situação”, argumenta.