Em sua volta aos gramados, Neymar fez um gol e deu uma assistência no empate do Brasil com a Colômbia em 2 a 2. O amistoso internacional foi realizado no Hard Rock Stadium, em Miami, nos Estados Unidos, nesta sexta-feira.

O camisa 10 do Brasil não jogava desde quando sofreu uma contusão no amistoso contra o Catar, em junho, antes da disputa da Copa América. Além do forte calor na Florida, o duelo foi bastante quente, com lances ríspidos e disputados entre os jogadores.

A Colômbia começou melhor na partida com quatro finalizações ao gol de Ederson em apenas 13 minutos. Apesar disso foi o Brasil que abriu o placar. Aos 19, Neymar cobrou escanteio pelo lado direito do ataque, e Casemiro subiu nas costas de Tesillo e acertou uma cabeçada sem chances para Ospina.

Mesmo atrás, a Colômbia não se intimidou e empatou o placar. Alex Sandro esticou o pé e acertou no peito de Muriel dentro da área. Aos 25, o próprio atacante bateu a penalidade no canto oposto ao de Ederson. Depois disso, o jogo ficou mais aberto. Aos 29, os colombianos tiveram um gol anulado, e o Brasil chegou com perigo em um chute de Richarlison.

A Colômbia conseguiu a virada. Zapata recebeu no meio e passou Muriel em velocidade pela direita. O camisa 19 venceu Alex Sandro na corrida, recebeu livre dentro da área e chutou com força na saída de Ederson.

Ele foi o primeiro colombiano na história a fazer dois gols no Brasil no mesmo jogo.

No segundo tempo, os colombianos tentaram anular os ataques do Brasil e manter a vitória. Aos 13 minutos, porém, Coutinho deu lançamento para Daniel Alves, que fez um cruzamento rasteiro, de primeira. Neymar surgiu na pequena área e só completou para o gol.

Aos 28, ocorreu um lance muito polêmico. Neymar entrou na área com a bola dominada pelo lado esquerdo, quando sofreu um empurrão nas costas de Davinson Sánchez. O camisa 10 caiu no chão e bateu a cabeça na placa de publicidade, mas o juiz não marcou a penalidade. Os jogadores brasileiros reclamaram muito do lance.

Tite promoveu a estreia do atacante Bruno Henrique, do Flamengo, na seleção brasileira. Ele entrou na vaga de Coutinho.

A Colômbia perdeu uma ótima chance de fazer o terceiro o gol em um contra-ataque pela direita. Aos 42, Luis Díaz entrou na área, mas se enrolou com a bola, que saiu pela linha de fundo. O Brasil tentou pressionar até o final, mas não teve sucesso e a partida terminou empatada.

Agenda

A seleção brasileira jogará contra o Peru no Memorial Coliseum, em Los Angeles (EUA) na terça-feira (10/08).

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 2 x 2 COLÔMBIA

Local: Estádio do Miami Dolphins, em Miami (Estados Unidos)

Data: 6 de setembro de 2019 (Sexta-feira)

Horário: 21h30(de Brasília)

Árbitro: Ismail Elfath (EUA)

Assistentes: Corey Parker e Adam Wienckowski (EUA)

Público: 65.232 pagantes

Cartões amarelos: Casemiro (BRA)

Gols: BRASIL: Casemiro, aos 19 minutos do 1º Tempo, Neymar, aos 13 minutos do 2º Tempo COLÔMBIA: Muriel, aos 25 e aos 34 minutos do 1º Tempo

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (David Neres), Neymar e Roberto Firmino (Lucas Paquetá) Técnico: Tite

COLÔMBIA: Ospina; Medina (Orejuela), Mina, Sánchez e Tesillo; Barrios, Uribe (Lerma) e Cuadrado (Moreno); Duván Zapata, Muriel e Martinez (Diaz) Técnico: Carlos Queiroz