Amanda Menger
Laguna

O fim de semana deveria ser de diversão e lazer para um grupo de argentinos, naturais de Córdoba. Porém, transformou-se em tragédia. Geraldo José (o sobrenome não foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros), 47 anos, morador de Córdoba, na Argentina, foi atingido por um raio e está internado em estado grave no Hospital Socimed em Tubarão.

Geraldo chegou nesta sexta-feira pela manhã a Laguna. Ele, a esposa e outras pessoas caminhavam na praia do Mar Grosso, próximo ao hotel Ravena, no início da tarde, no momento do temporal. O raio caiu por volta das 14h30min. Geraldo tem problemas de coração e sofreu uma parada cardíaca.

Ao ser atingido, o turista foi socorrido por uma médica que estava na proximidades e pelos guarda-vidas que trabalhavam na praia. Ele foi reanimado e conduzido pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos, em Laguna. Ele chegou à instituição em estado grave e ficou internado na UTI, respirando com ajuda de aparelhos. Ele seria transferido na noite desta sexta-feira ao Hospital Socimed, em Tubarão, onde não havia chego até por volta das 21h38min.

Raios
Segundo informações extraoficiais, o casal de argentinos foi avisado sobre os perigos de continuar na praia durante o temporal, mas não teria dado atenção ao apelo. Como a água e a areia são condutores de energia elétrica, a recomendação é evitar banhos de mar e a permanência na faixa de areia em dias de chuva. O melhor é procurar abrigo em casas e carros. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revela que 75 pessoas morreram vítimas de raios no ano passado, quase o dobro de 2007, quando foram registrados 47 casos.