Tubarão

A força das rajadas de vento que vieram do Rio Grande do Sul também atingiu Tubarão, na manhã de ontem. O problema ficou por conta da falta de energia elétrica em alguns pontos da cidade.

O vento derrubou uma placa de proteção de um prédio em construção na rua Altamiro Guimarães, próximo ao antigo Angeloni. O material caiu em um fio de alta tensão de 13 mil volts e resultou na abertura de um alimentador.
Cerca de 5,6 mil moradores, entre a região central e o bairro Santo Antônio de Pádua, ficaram sem luz entre 9h30min e 10h15min, tempo de manutenção da equipe da Celesc.

Também houve queda de luz no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) por cerca de 15 minutos, após a abertura de dois alimentadores.
Em Laguna, o vento também danificou fios de alta tensão e deixou cerca de 100 moradores sem energia por aproximadamente 40 minutos.

Previsão
Segundo informações da Epagri/Ciram, ontem, uma frente fria mais organizada avançou em Santa Catarina e provocou chuva e trovoadas no oeste e sul do estado. Os ventos chegaram a 80 quilômetros por hora, especialmente no oeste e divisa com o Rio Grande do Sul. Hoje, a temperatura declina acentuadamente devido à chegada de uma intensa massa de frio ao sul do Brasil. Na madrugada de amanhã, a previsão é de temperatura abaixo de zero grau nas áreas altas do estado, com formação de geada.

Contato
O gerente regional da Celesc em Tubarão, Gerson da Silva Bittencourt, orienta a população a entrar em contato com o plantão da empresa em casos de queda de energia. O telefone é 0800-480196