Rafael Andrade
Tubarão

Por volta das 0h15min de ontem, ao lado de um dos blocos do Edifício Santa Cecília, no bairro Revoredo, em Tubarão, um Escort foi destruído pelas chamas e, por pouco, não provocou uma tragédia. Os moradores das redondezas já dormiam quando foram surpreendidos pelo barulho das sirenes do Corpo de Bombeiros de Tubarão e Capivari de Baixo, que foram acionados para atender a ocorrência.

Os moradores ficaram ainda mais apreensivos pelo fato do carro estar em chamas ao lado de uma fábrica de madeira trabalhada e de um depósito de uma loja de confecções onde havia alguns botijões de gás.

Devido à densa fumaça, a pouca visibilidade e o perigo de explosão, os bombeiros pediram para que os curiosos de afastassem. Por pouco, as chamas não atingiram o tanque de gasolina do Escort.

Em pouco mais de 20 minutos, os bombeiros controlaram o incêndio. Uma perícia foi feita no veículo e o relatório pode apontar uma falha elétrica. O motorista abandonou o carro assim que percebeu a fumaça no motor.

Sexta-feira à tarde, um depósito de tintas, no centro de Tubarão, foi destruído pelas chamas. Felizmente, não houve feridos, apesar de haver material inflamável em outro galpão ao lado. Foram utilizados seis mil litros de água para controlar o fogo no galpão. O número de emergência dos bombeiros, o 193, funciona 24 horas por dia e deve ser acionado impreterivelmente em casos de incêndios.