Rafael Andrade
Laguna

Osés Santos da Silva, 44 anos, foi assassinado na madrugada de ontem, por volta das 5h45min, no bairro Barbacena, em Laguna. O acusado de matar Osés foi preso 15 horas após o crime, por volta das 22 horas.

A vítima foi executada com dois tiros, um no pescoço e um no olho. O atirador é conhecido da vítima e o motivo do crime teria sido um acerto de contas. O delegado Rubem Thomé coordena as investigações sobre o caso.

A equipe da Central de Operações Policiais (COP) de Laguna, auxiliada pela Polícia Militar, chegou ao acusado depois de incessante investigação na região onde ocorreu o crime. “Não resta dúvida sobre a participação do acusado. Ele ainda confessou o crime na delegacia”, revela um agente. Foi o quinto homicídio registrado em Laguna este ano.

No quarto assassinato, Maycon Luiz Vieira da Silva, 27 anos, foi executado por um adolescente de 17 anos, que atirou três vezes contra ele. O crime ocorreu no bairro Progresso. O menor foi apreendido menos de duas horas depois, nas proximidades do crime, mas foi liberado no dia seguinte por falta de vaga no Centro de Internação Provisória (CIP) de Tubarão. Cerca de 15 dias depois, o infrator foi apreendido novamente e encaminhado ao CIP de Caçador.