Karen Novochadlo
Tubarão

A população das cidades litorâneas sempre aumenta no verão. Os turistas aproveitam o sol e o mar para o tão merecido repouso ou festas, no caso dos mais jovens. Em contrapartida, os bombeiros e guarda-vidas não têm descanso. No ano passado, nos municípios de Jaguaruna, Imbituba, Garopaba e Laguna, foram realizados 528 salvamentos. Este ano, o efetivo continuará a ser de 230 guarda-vidas, 80 militares e 150 civis.

A operação veraneio inicia no sábado da próxima semana, dia 11, e segue até 15 de março. A área de abrangência do 8º batalhão do Corpo de Bombeiros vai da praia da Esplanada, em Jaguaruna, até a da Gamboa, em Garopaba. Em 22 praias, são 24 postos. Só no Mar Grosso, em Laguna, são quatro. No Arroio Corrente, em Jaguaruna, tem o único posto de água doce, na Lagoa do Arroio Corrente.

Na área coberta pelo batalhão, não foi registrada uma única morte por afogamento nos últimos dois anos. “Vamos sempre lutar para continuar com esta estatística. Há dois anos, aumentamos o número de guarda-vidas e a área de cobertura”, comemora o comandante da 1ª companhia, 1º tenente Diogo de Souza Clarindo.

Infelizmente, no ano passado, ocorreram nove óbitos na região – três afogamentos no mar e seis em água doce. Todos em lugares onde não havia monitoramento. “É importante que as pessoas procurem se banhar em locais protegidos pelo guarda-vidas. Toda praia é um lugar potencialmente perigoso. Os buracos, a profundidade e as correntes são uma ameaça aos banhistas”, alerta o tenente.

O comandante também avisa que embarcações encalhadas, desembocaduras de rios, costões e píers não são seguros para a prática de esportes e banhos. No ano passado, 39.170 mil pessoas foram orientadas antes de entrar na água.

Locais cobertos pela operação
Jaguaruna: Arroio Corrente, Lagoa do Arroio Corrente, Camacho, Campo Bom e Esplanada.
Laguna: Mar Grosso, Praia do Gi, Farol, Praia do Sol e Itapirubá Sul.
Garopaba: Gamboa, Siriú, Central, Ouvidor e Ferrugem.
Imbituba: Praia do Rosa, Vila, Vila Nova, Itapirubá Norte, Ribanceira, Ibiraquera/Luz e Porto.

Projeto Golfinho
A prevenção é a melhor ação contra incidentes marítimos. O Corpo de Bombeiros desenvolve, deste 2008, o Projeto Golfinho. Garotos entre 9 e 14 anos aprendem a respeitar o mar e como agir de forma segura nas praias. No ano passado, o 8º batalhão formou 120 adolescentes. Para este ano, o número deve aumentar para 250. Para participar, é necessário estar atento ao calendário dos cursos, distribuídos nas praias.

Dicas de segurança

♦ Nadar sempre perto de um guarda-vidas.

♦ Perguntar ao guarda-vidas o melhor local para o banho.

♦ Não superestimar a capacidade de nadar – 46,6% dos afogados creem que sabem nadar.

♦ Ter sempre atenção com as crianças.

♦ Nadar longe de pedras, estacas ou piers.

♦ Evitar ingerir bebidas alcoólicas e alimentos pesados antes do banho de mar ou rio.

♦ Crianças perdidas: leve-as ao posto de guarda-vidas.

♦ Nunca tentar salvar alguém em apuros se não tiver confiança em fazê-lo. Muitas pessoas morrem desta forma.

♦ Ao pescar em pedras, observar antes se a onda pode alcançá-lo.

♦ Antes de mergulhar, certifique-se da profundidade.

♦ Manter-se afastado de animais marinhos como água-viva e caravelas.

♦ Fique atento à sinalização de praia (bandeiras) colocada pelos guarda-vidas.

Ações da Operação Veraneio em 2009

• Salvamentos: 528.
• Afogamentos com recuperação em água doce: 2.
• Afogamento com recuperação em água salgada: 2.
• Lesões e cortes: 15.
• Crianças perdidas: 9.
• Lesão por água viva: 187.
• Insolação: 4.
• Queimadura solar: 3.
• Embarcação à deriva: 6.