Amanda Menger
Tubarão

Dos 189,6 milhões de brasileiros, ao menos seis milhões moram em Santa Catarina. E destes, 331.068 estão espalhados nos 17 municípios que formam a Amurel. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um dos municípios da região teve decréscimo populacional: Pedras Grandes. Em 2007, pela contagem populacional, a cidade tinha 4.817 habitantes e a estimativa de 2008 é de 4.479, uma diferença de 7%, o equivalente a 338 pessoas.

A coordenadora da divulgação da contagem populacional do IBGE em Santa Catarina, Sueni Juraci Mello dos Santos, afirma que é preciso analisar o caso. “O IBGE faz uma análise apenas geral dos dados antes de divulgá-los, mas só verifica em específico quando há reclamação por parte dos municípios. O cálculo é feito de forma estatística e leva em consideração o número de óbitos, nascimentos e migrações”, explica Sueni.

Os municípios têm um prazo de 20 dias a partir da publicação para reclamar e apresentar argumentações ao IBGE. E é exatamente isso que o prefeito de Pedras Grandes, Romário Ghisi, irá fazer. “Não entendo como eles chegaram a estes dados. A câmara de vereadores aprovou uma lei que repassa uma área para Urussanga, na região de Urussanga Baixa, São Pedro e Morro da Lagoa, mas a assembléia legislativa ainda não deu o aval. Mesmo assim, observamos que a cidade cresceu do ano passado para cá. Vamos questionar estes números”, revela.