Santa Rosa de Lima

Com uma diferença de apenas 54 votos, o atual prefeito de Santa Rosa de Lima, Celso Heidemann (PP), foi reeleito. Ele obteve 51,49% dos votos válidos, ou seja, 936 pessoas reconfirmaram o progressista para o segundo mandato. O adversário, Bertilo Heidemann (PMDB), fez 882 votos (48,51%).

Com uma proposta bastante focada naquilo que considera a maior necessidade de Santa Rosa de Lima, o saneamento básico, Celso reforça que já dispõe de um projeto para iniciar a solução do problema. “Aguardamos a liberação de recursos federais na ordem de R$ 1,3 milhão. Outro ponto é a geração de empregos. Apoiamos empresas como o engarrafamento das águas termais, e também a parceria com o Ministério do Turismo para desenvolver este segmento, já que fomos selecionados entre os 65 destinos indutores de turismo, gerando emprego e renda para as famílias rurais e urbanas”, valoriza.

Heidemann salienta ainda que a administração da prefeitura e da cidade neste segundo mandato continuará nos moldes do observado até o momento. “Vamos continuar com um governo transparente, participativo e com muito planejamento para desenvolver a nossa cidade e proporcionar, cada vez mais, qualidade de vida para a população”, pontua.

Eleitos em Santa Rosa de Lima

Prefeito eleito: Celso Heidemann (PP).
Vice-prefeito eleito: Valdir Antunes (DEM).
Número de votos: 936 votos (51,49%).

Candidato a prefeito: Bertilo Heidemann (PMDB).
Candidato a vice-prefeito: Irio Eller (PPS).
Número de votos: 882 votos (48,51%).

Vereadores eleitos
Alfonso Kulkamp (PP) – 186 (10,19%).
Zolho (PPS) – 183 (10,03%).
Nivaldo Vandresen (PP) – 147 (8,05%).
Jandira Schueroff Boeing (DEM) – 135 (7,40%).
Suizete Vandersen Baumann (PT) – 121 (6,63%).
Dede (PMDB) – 118 (6,47%).
Salesio Wiemes (PT) – 105 (5,75%).
Itamar Heidemann (PSDB) – 102 (5,59%).
Buneco (PMDB) – 99 (5,42%).

Número de eleitores: 1877 (100%).
Abstenção: 20 (1,07%).
Comparecimento: 1857 (98,93%).