Tubarão

O projeto da Arena Multiuso é uma das prioridades da Amurel. Isso não é novidade. Mas, de tanto esperar pelo governo do estado, a Unisul, que propôs o projeto, não espera mais que ele se concretize, ao menos neste ano.

Aliás, pelas palavras do reitor, Gerson Luiz Joner da Silveira, a universidade já fez o que tinha que fazer, e agora é com o governo do estado. “Estou desacreditado. Chegamos a propor que a obra fosse feita por etapas e nem assim acredito mais”, desabafa. O anúncio foi feito ontem à noite, em uma reunião na Associação Empresarial de Tubarão (Acit) com os candidatos oficiais da reitoria na eleição que escolherá o novo reitor da Unisul, no próximo dia 16.

Para o atual reitor, a cidade merece este investimento. “É uma lástima que o governo estadual pense diferente, porque outros municípios menores já contam com a Arena e Tubarão nada. O jeito é esperar”, lamenta.

Mesmo não acreditando que a Arena Multiuso saia do papel tão cedo, a Unisul não pensa em desistir do esporte. E inclusive esta foi uma das promessas feitas pelo candidato a reitor, Aílton Nazareno Soares. “O tubaronense gosta de futebol e hoje do futsal também. Acreditamos no esporte e na cultura como pilares de desenvolvimento da Unisul e pretendemos ampliar os investimentos no esporte”, adianta.

Durante o encontro, o atual reitor apresentou um balanço financeiro e ainda o planejamento estratégico da Unisul. “Esta é a nossa proposta: de continuidade neste projeto de crescimento”, argumenta o candidato a vice-reitor, Sebastião Salésio Herdt.

O presidente da Acit, Eduardo Silvério Nunes, garantiu o apoio da entidade aos candidatos. “Continuaremos parceiros da Unisul. Vamos continuar lutando para que o projeto da Arena não seja apenas projeto. Não vamos desistir, mesmo que o panorama seja negativo”, pondera.