Zahyra Mattar
Tubarão

Agora sim! Após anos de espera, faltam apenas dois dias para a assinatura do contrato e entrega da ordem de serviço para a execução da pavimentação da rodovia SC-100, a futura Interpraias. O Notisul já antecipou esta informação no mês passado. A diferença é que o governador Leonel Pavan (PSDB) fará o ato administrativo no Centro Comunitário da Ponta da Barra, e não no Farol de Santa Marta, como era previsto.

Ontem, o resultado da última licitação para obra foi encerrada. A escolha da empresa que fará o Plano Ambiental Básico era a única pendência. A vencedora foi a Prosul, de Palhoça. A empresa recebeu a melhor nota técnica e apresentou a melhor proposta de preço: R$ 4.263.961,85.

A licitação para a escolha das empresas que executarão os dois projetos de pavimentação da SC-100, no trecho entre o Camacho, em Jaguaruna, e a balsa, em Laguna, com um ramal para o Farol de Santa Marta, foi finalizada no dia 30 de setembro.

As obras foram divididas em dois lotes. A Setep, de Criciúma, será a responsável pela execução do serviço de asfaltamento do trecho de 15,540 quilômetros entre a balsa e o Camacho. O valor do trabalho ficou em R$ 20.929.047,40. Já a A. Mendes, de Gravatal, terá a missão de pavimentar, com paralelepípedos, os 2,280 quilômetros de acesso ao Farol de Santa Marta.

O valor licitado foi de R$ 2.770.115,66. A previsão de término dos serviços em ambos os lotes é de um ano. A segunda licitação, para a supervisão dos trabalhos nos dois lotes, foi terminada no dia 25 do mês passado. Das duas participantes, a Prosul foi a vencedora e fará o trabalho por R$ 2.492.353,44.