sexta, 19 de julho de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Especial

Tubarão 148 anos: A cidade em números

Publicado em 26/05/2018 00h12

Tubarão 148 anos: A cidade em números

Décimo terceiro município mais populoso de Santa Catarina e entre os 50 com maior número de habitantes do Sul do Brasil, com mais de 105 mil moradores, conforme estimativa do IBGE, Tubarão é polo regional em diversos setores. Destaque para comércio, serviços, saúde, educação e construção civil.

Ocupa o 12º lugar no estado e o 53º no país no quesito Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), no grupo das cidades consideradas com desempenho alto pelo Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil, plataforma de consulta do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, com abrangência de 5.565 municípios.

Sede da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel), faz divisa com os municípios de Gravatal, Capivari de Baixo, Treze de Maio, Jaguaruna, Laguna, Pedras Grandes e São Ludgero.

Tubarão tem uma das maiores frotas de veículos proporcionais ao número populacional de Santa Catarina, com o índice de 0,84 veículo por habitante. A pirâmide etária do município indica que a maior fatia da população é composta por homens e mulheres de 20 a 29 anos.

A indústria não representa a maior fatia da economia tubaronense, vem logo atrás de comércio e serviços. O setor é responsável por aproximadamente 24% do faturamento do município, mas não por isso tem menor importância.

As lideranças políticas e empresariais perseguem o objetivo de aumentar este percentual de participação. Avaliam que há condições para crescimento e consequente incremento de arrecadação e riquezas.

O perfil econômico da cidade mudou depois da trágica e inesquecível enchente de 1974. Era mais industrial e foi preciso “desbravar outro território”.

Na verdade, Tubarão tem pouca oferta de áreas para a implantação de grandes empresas. A maior parte dos locais ainda desabitados ou é montanha ou é alagada. Por isso tanto interesse na tecnologia, já que a maioria dos negócios não necessita de espaços tão extensos.

A aposta para o futuro é na indústria vertical, sem deixar de dar atenção à indústria tradicional. Inclusive, finalizar os projetos de dois parques industriais emperrados há anos está no foco da equipe da prefeitura responsável pelo desenvolvimento econômico.


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.