Início Geral Vigas das novas pontes sobre o Rio Capivari na BR 101 são...

Vigas das novas pontes sobre o Rio Capivari na BR 101 são içadas com sucesso

Equipes de engenharia a serviço da CCR ViaCosteira realizaram operações de içamento das vigas das duas novas pontes na região do km 329 da BR-101 Sul/SC, em Capivari de Baixo (SC). Uma ponte está localizada no sentido Norte/Sul e outra no sentido Sul/Norte, nas vias marginais que estão sendo implantadas na divisa dos municípios de Tubarão e Capivari de Baixo.

Com o avanço das obras de implantação das marginais, especialistas da ViaCosteira identificaram que este seria o momento exato para a colocação das vigas sobre as estruturas fixadas no leito do rio e nas cabeceiras das duas pistas, em ambos os sentidos. As obras de construção das novas vias marginais acontecem entre os quilômetros 328 e 333.

Para a realização dos trabalhos nos dois sentidos foi necessário realizar bloqueios de uma das faixas em cada sentido da rodovia em determinados momentos dos dias, entre sexta-feira, dia 20 e o domingo, dia 22. A Concessionária montou uma operação que enfrentou condições climáticas favoráveis.

Outras informações podem ser obtidas pelo site www.ccrviacosteira.com.br, através do Disque CCR ViaCosteira no 0800 255 5550 ou, ainda pelo WhatsApp no (48) 3211-3130.

Em relação a obra nas novas vias marginais
A CCR ViaCosteira promove a construção de 8 quilômetros de vias marginais entre Tubarão e Capivari do Sul. Além disso, as obras no trecho preveem a implantação de duas novas pontes sobre o Rio Capivari, a readequação do retorno no km 328 em Capivari de Baixo, bem como a instalação de calçadas, novas sinalizações horizontal, vertical e iluminação com lâmpadas de led.

São cerca de 280 trabalhadores atuando em até seis frentes de trabalhos, simultaneamente. Em paralelo, são utilizadas cerca de 50 máquinas entre escavadeiras, retroescavadeiras, tratores, motoniveladoras, caminhões basculantes, guindastes, entre outros equipamentos pesados.

Para isso, serão investidos mais de R$ 100 milhões. Todo esse investimento faz parte do programa de Concessão Federal em Santa Catarina, tendo como órgão regulador a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Sair da versão mobile