quarta, 23 de janeiro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Tecnologia e Inovação - Cassio Brodbeck

Cidades inteligentes

Publicado em 18/10/2018 00h10

Entre as inovações em curso está a ideia em torno das smart cities, cidades inteligentes. De modo geral, o conceito se refere à aplicação de tecnologias da informação e comunicação para facilitar a vida dos cidadãos - capital humano - e da gestão urbana - via planejamento por parte dos governos. Embora essa tendência esteja no radar de gestores públicos, muito há o que ser feito para impulsionar sua adoção. De acordo com dados da pesquisa TIC Governo Eletrônico 2017, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), apenas 18% dos municípios brasileiros possuem planos para serem transformados em cidades inteligentes.

Mas, na prática, como é possível transformar um município em inteligente? Adotar medidas como o uso de cartões eletrônicos para pagar a passagem no transporte público ou o monitoramento em tempo real das vias por meio de câmeras são algumas das saídas, mas não apenas isso. No primeiro exemplo, mais de 80% das cidades brasileiras já aplicam a medida, de acordo com dados do mesmo estudo. Ações como o monitoramento remoto de energia para facilitar a vida das pessoas e evitar gastos, sem que para isso seja necessário destacar um profissional para ir até o local verificar; controles de emissão de resíduos como o CO2 por meio da popularização de transportes alternativos, como as bicicletas e automóveis elétricos; e sincronização de semáforos para agilizar o trânsito, tornando-o mais equilibrado. Essas são algumas das medidas possíveis, amparadas pela tecnologia. E nesse quesito, nosso estado sai à frente.

Santa Catarina possui vários polos de TI em ascensão, como é o caso da região Sul, que possui cerca de 1 mil empreendedores e 948 empresas de tecnologia, que faturam R$ 857 milhões e contam com cerca de 3 mil colaboradores. Ao todo, o estado possui 12,3 mil empresas, mais de 16 mil empreendedores e aproximadamente 47 mil colaboradores, de acordo com dados do Observatório Acate - Panorama 2018, estudo da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) em parceria com a Neoway. Ou seja, o know-how já temos.

Entre as cidades com destaque na região Sul está Tubarão. A partir da implementação do Comitê de Inovação pela prefeitura local em parceria com empresários da cidade que já atuam no setor de TI, foi iniciado o fomento do ecossistema de inovação e tecnologia. Mas para que esse cenário se confirme, é necessário a adoção constante de soluções tecnológicas para que o município continue a se aprimorar enquanto uma cidade inteligente. Especialmente nos casos em que são adotados diversos sistemas visando sua integração em rede, seja para monitoramento e/ou gestão, é necessário que também haja uma política de segurança eficaz para evitar que a rede possua focos de vulnerabilidade e possa estar suscetível a alguma ciberameaça, já que com a crescente informatização dos processos também paira a possível incidência de ataques.
Acesse mais conteúdos no Ostec Blog: https://ostec.blog/.


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital