terça, 19 de novembro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Tecnologia e Educação - Fernando Darci Pitt

Telegram: razões para usar

Publicado em 19/09/2019 00h25

Há algumas semanas, fomos “bombardeados” quase que diariamente com a veiculação de alguma notícia sobre o vazamento de conversas de autoridades do Judiciário, quase todas elas oriundas de um mensageiro que a maioria da população brasileira nunca tinha ouvido falar, o Telegram (T.ME). E a razão de não conhecer é simples, pois certamente você faz parte dos quase dois bilhões de usuários do WhatsApp (WA) em todo o mundo, sendo que só no Brasil estima-se que mais de 77 milhões de pessoas estejam ativos no mensageiro. Por outro lado, não temos estatísticas recentes do uso do T.ME mas certamente é muito inferior.

Então, se poucos usam, você pode estar se perguntando, mas porque eu deveria aderir ao Telegram, se a maioria absoluta dos meus contatos só usa o WA? Além do que, pelo que é noticiado o mesmo parece “vulnerável” e fácil de ser clonado?

Na verdade, não estou propondo substituir seu aplicativo preferido de comunicação, mas sim, sugerir a utilização também do T.ME e consequentemente de alguns dos recursos que atualmente só ele oferece, como os bots (robôs) e conversas secretas, dentre outros. E quanto ao possível vazamento de conversar privadas, o que se sabe até agora é que foi uma combinação de uma brecha de segurança (que já foi corrigida segundo o aplicativo) e o uso do mesmo sem a ativação de pelo menos uma camada extra de segurança, que é a verificação em duas etapas.

Então para começar, você já deve configurar uma senha para acessar as conversas e ativar a verificação em duas etapas. A primeira diz respeito a restrição para abrir o aplicativo e checar as mensagens (pode ser por senha ou biometria, dependendo do SmartPhone). Já a verificação em duas etapas diz respeito a proteção da conta, o que impede que terceiros tentem abrir uma nova aba de conversa em outro celular ou mesmo em um computador ou até mesmo clonar sua conta. Só conseguirão fazer isso se souberem esta senha extra.

Ainda no quesito segurança e privacidade, começo destacando uma funcionalidade que só está disponível nele, que é a opção de “Chat Secreto”. Esta funcionalidade permite você iniciar uma conversa com algum contato com mensagens criptografadas ponta a ponta e pré-determinar um tempo (variando de 1 segundo até 1 semana) para a “autodestruição” da conversa. Ou seja, após seu contato ler a mensagem, a mesma é apagada para ambos dentro do prazo pré-estabelecido.

Outro grande diferencial é em relação aos chats (grupos) e aos canais (lista de distribuição). Enquanto no WA ao entrar em um novo grupo, seja adicionado por alguém ou utilizando um link, você só terá acesso as postagens feitas a partir daquele momento, já no T.ME terá acesso a todas as mensagens ainda não apagadas pelos administradores, além de uma série de funcionalidades como, supergrupos com até 20.000 participantes, adição de bots para ajudar a gerenciar o grupo e gerar estatísticas, uso de hashtags (#) nas mensagens, e ainda, ativar o “modo lento”, que é limitar o envio de mensagens pela mesma pessoa em intervalos que vão de 30 segundos a 1 hora.

Já em relação aos canais, diferentemente do WA onde apenas o criador pode adicionar que irá receber o conteúdo, no T.ME podem ser criados canais privados (onde é necessário conhecer o link para acessar) ou públicos (que podem ser buscados no próprio APP), não há limitação de membros e também permite mais de um administrador. E assim como nos grupos, o novo membro tem acesso a todo o histórico de mensagens passadas ainda não apagadas.

Outra grande vantagem nos grupos e canais do T.ME, é que você pode omitir o seu número de telefone (o que não é possível no WA) e deixar somente seu nome de usuário visível, evitando assim que alguém entre em contato contigo por outros meios, que não o próprio aplicativo.     

Por fim, não podemos deixar de destacar a possibilidade de interagir com os bots em chats privados ou nos grupos. Dentre as inúmeras opções, destaco pelo menos duas: @RastreioBot que faz o rastreamento de suas encomendas enviadas pelos correios, e o @TheFeedReaderBot que lhe enviar notícias tão logo elas sejam publicadas, com base nos seus assuntos selecionados.

Tem muito mais, quem se interessou basta baixar o APP e começar a utilizar. Disponível gratuitamente para Android e iOS.

Convite:
Quer conhecer um pouco mais o aplicativo, então comece acompanhando as principais notícias de Tubarão e do Mundo por meio do canal do Jornal Notisul (t.me/Notisul), e também a partir desta edição passarei a notificar semanalmente meus leitores inscritos no canal t.me/prof_fernandopitt sempre que um texto novo for publicado.

Pais/Educadores
: Que tal discutir com seus filhos e alunos como eram as comunicações entre as pessoas no início da década de 1990, no início do século 19 e também bem antes disso? Sei que hoje não há mais “paciência” para esperas, mas porque não os incentivar a enviar uma carta ou cartão-postal para algum familiar que mora em outra cidade? Certamente o “destinatário” ao receber a correspondência enviada pelos Correios ficará surpreso.

Outra sugestão é discutir se hoje com tantos mensageiros instantâneos nossa comunicação melhorou ou piorou, tanto nos âmbitos familiar quanto da sociedade. E quem sabe, até mesmo utilizar estes mensageiros em sala de aula para apoiar os estudos.


Leia mais textos desta coluna em http://bit.ly/fernandopitt


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.