A falta de um caminhão de bombeiros dificultou pousos e decolagens no Aeroporto de Jaguaruna. O veículo que prestava o serviço teve um problema mecânico. Conforme o diretor comercial da RDL, empresa responsável pelo aeroporto, André Constanzo, um voo pousou ontem. Agora a expectativa é pela chegada de outro caminhão, que pode vir de Forquilhinha, onde não é utilizado.

“A Azul fez uma análise da operação no nosso aeroporto e ela optou. Tem um teto de 200 mil passageiros por ano e se você não atende, não precisa ter esse caminhão. A azul entendeu que era um aeródromo muito seguro”, comentou. “Estamos solicitando um caminhão com as mesmas características do nosso para dar uma segurança. Não tanto igual esse que ficava no aeroporto, mas para dar um suporte”, completou.

Leia mais:

Caminhão do Corpo de Bombeiros fecha o aeroporto de Jaguaruna