Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

Tubarão

O técnico de som Felipe Dutka (foto), de 65 anos, que presta serviço na Rádio Tubá, em Tubarão, há mais de três décadas, teve uma piora significativa em seu estado de saúde. Até o fechamento desta edição, não havia detalhes sobre a sua recuperação. Até a noite de ontem, ele estava na Unidade de Tratamento Intensivo lutando para sobreviver após ter levado dois tiros à queimarroupa na tarde desta sexta-feira.

O crime foi registrado na rua Germano Siebert, no bairro Santo Antônio de Pádua, na frente da casa de Felipe. O principal suspeito de cometer o ato é o sobrinho do ex-genro, de 23 anos, que ainda não foi localizado pela polícia.

O atirador chegou à casa da vítima em um Celta Sedam prata estacionou o carro na frente da casa do senhor Felipe. A esposa atendeu o rapaz, chamou o marido que, assim que saiu da residência já foi atingido por dois disparos de arma de fogo. O acusado atirou três vezes. Duas balas o atingiram no abdômen e perna. 

Duas cirurgias já foram realizadas. É alto o risco de óbito.