Nesta segunda-feira, dia 24, por volta das 9h, a PM foi acionada para atender uma ocorrência de tentativa de suicídio. Contudo, quando a guarnição da Polícia Militar, soldados Bruna e Luidi viram o masculino estava em cima do telhado de uma casa depredando e jogando as telhas no chão. Depois de uma aproximação por um, um dos policiais foi atacado e os outros dois precisaram subir no telhado para conter o elemento. Apenas com a chegada dos Bombeiros foi possível tirar o homem em surto de cima da casa. 

Ao tentar um primeiro contato, o homem de São Paulo e que afirma estar há dos dias na Praia do Rosa, falou que iria se matar. O masculino tentou negociar com a guarnição água, mas diante da negativa de descer a Guarnição utilizou este fato para ganhar tempo. Então foi feito contato com Sgt Ronda, com o Corpo de Bombeiros e solicitado apoio da VTR 5915, que foi de extrema importância para o êxito da ocorrência.

Após tentar negociar por mais alguns minutos o Soldado Martins subiu em um muro lateral, mas foi atacado pelo homem. Foi efetuado um disparo de calibre 12 não letal na direção do masculino, mas o mesmo não parou. Nesse momento os policiais Bruna, Luidi, Martins e Floriano subiram em cima da casa para conter o masculino que investiu contra a guarnição. Eles entraram em em luta corporal em cima do telhado com o mesmo. Após este momento a VRT dos Bombeiros e Sgt Ronda chegaram ao local e o masculino foi colocado em solo.

Agora o homem está no Hospital São Camilo para os procedimentos adequados.