Uma motorista de aplicativo de Tubarão foi vítima de um sequestro relâmpago na tarde desta quarta. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 17 horas a mulher foi chamada pelo aplicativo para fazer uma corrida, mas na verdade se tratava de um roubo.

De acordo com a motorista, a corrida iniciou no bairro São João Margem Esquerda e foi solicitada por um mulher para finalizar em Jaguaruna. Quando a motorista chegou ao local marcado embarcaram mais um mulher e dois homens.

A motorista foi rendida e jogada dentro do porta-malas do carro e uma das mulheres assumiu a direção. Em seguida a mulher enviou sua localização aos amigos no WhatsApp pedindo socorro. A polícia foi acionada e manteve contato com um dos amigos da motorista.

A localização informava que a vítima se encontrava perto da igreja de Garopaba do sul, em direção ao Camacho. Uma viatura da PM de Jaguaruna tentou acompanhar o veículo, mas o perdeu de vista.

A guarnição comunicou a fuga e foram empenhadas outras viaturas para dar apoio. Durante o acompanhamento do veículo, a PM fazia tentativas de abordagens, mas sem êxito.

O acompanhamento foi feito até a Estrada Geral de Morro Grande, em Sangão. Na rotatória do aeroporto, a guarnição perdeu o veículo de vista. Mais adiante o veículo foi encontrado  junto com a vítima, estava próximo à empresa de confecção, na rua do “Pecinha Sat”. Os criminoso não estavam no local.

A vitima informou À PM que havia no carro dois homens e duas mulheres. Neste momento, a guarnição recebeu a informação os bandidos estavam às margens da BR-101.

As guarnições deslocaram até o local e apenas as mulheres obedeceram às ordens de prisão, os homens correram para o outro lado da BR-101. Um dos homens foi preso durante a tentativa de fuga, e o outro fugiu para o matagal próximo à via e ainda não foi encontrado.

A guarnição fez fotos dos criminosos e mostrou à vítima para o reconhecimento. Os três foram encaminhados para a delegacia.