Foto: Polícia Civil de Tubarão

Um homem de 41 anos foi preso em flagrante, em Tubarão, na manhã desta terça-feira suspeito de cometer o crime de pornografia infanto-juvenil. A ação foi organizada pela unidade especializada de Proteção à Criança e Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), com apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP).

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Jucinês Ferreira, foram apreendidos aparelho celular e computador que continham cenas e vídeos de pornografia infanto-juvenil.

A investigação iniciou há cerca de 15 dias. O homem foi preso em casa, no bairro Oficinas. A polícia agora investiga se as imagens encontradas nos equipamentos foram obtidas na internet ou produção própria.

O homem foi encaminhado ao presídio de Tubarão e está à disposição da justiça. Caso seja acusado, pode pegar até quatro anos de prisão.