#PraCegoVer Na foto, uma viatura da Polícia Militar com o giroflex ligado
- Foto ilustrativa | Divulgação

Uma mulher grávida andava a pé nas imediações do Quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão, no bairro Humaitá, na tarde desta segunda-feira (9), quando um sujeito a abordou de maneira violenta, segurou fortemente em um dos seus braços e ordenou que ela entregasse a bolsa e o aparelho de telefone celular. Ela obedeceu e o rapaz saiu como se nada tivesse ocorrido. Assustada e em estado de choque, a mulher começou a gritar o mais que podia por socorro. Os gritos foram ouvidos pelos bombeiros, que correram para a ajudar. Foi quando ela relatou o assalto e mostrou o caminho por onde o homem saiu, ruas aos fundos do Batalhão.

Os bombeiros acionaram a Polícia Militar e foram averiguar o caminho para ver se encontravam o suspeito. Ele abandonou a bolsa e empreendeu fuga. Pulou vários muros e saiu correndo por entre pátios de residências. Bombeiros e policiais realizaram diversas buscas pelas imediações e conseguiram fechar o cerco da área rapidamente. Minutos depois eles encontraram o acusado escondido dentro de um sofá em uma das casas que invadiu para se esconder. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimento cabíveis.

Fonte: 5º Batalhão de Polícia Militar em Tubarão
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul