Um bebê de três dias foi salvo pela agente temporária da Polícia Militar de Tubarão, Lara do Nascimento (19 anos), na manhã desta quarta-feira, (7). Ela trabalhava na Central Regional de Emergência quando atendeu a uma ligação com o pedido de ajuda do pai da criança, um homem de 31 anos.

O pai disse que morava no bairro Aeroporto, de Tubarão, e a filha estava engasgada com leite materno.

Lara orientou o pai da criança a realizar os procedimentos da Manobra de Heimlich, método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas superiores por corpo estranho.

Imediatamente a criança desengasgou e começou a respirar com dificuldades. Lara acionou os Bombeiros para os socorristas continuarem o atendimento.

Após reestabelecer a respiração, a criança foi encaminhada ao Hospital Nossa da Conceição.