#ParaTodosVerem Na foto, a fachada da C6amara de Vereadores de São Ludgero. O prédio é marrom e branco, com um jardim na frente
A sessão do Júri ocorreu na Câmara de Vereadores de São Ludgero nesta quinta-feira (2) - Foto ilustrativa | Divulgação

Em sessão presidida pelo juiz Eduardo Bonnassis Burg, titular da Vara Criminal da Comarca de Braço do Norte, um homem foi condenado pelo Tribunal do Júri a sete anos, nove meses e 10 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto, por uma tentativa de homicídio praticada na madrugada do dia 27 de março de 2021, no bairro Encosta do Sol, em São Ludgero. Conforme os autos, o réu, na época com 21 anos, desferiu golpes de facão na vítima acertando-lhe diversas partes do corpo, principalmente os braços e costas. Sangrando muito, o homem conseguiu fugir e entrar em sua casa.

Duas pessoas que estavam no local no momento do ocorrido, prestaram socorro estancando os sangramentos e acionaram o Corpo de Bombeiros. A vítima foi encaminhada para o Hospital Santa Terezinha, em Braço do Norte, com amputação parcial do punho esquerdo e diversos outros ferimentos importantes no braço e mão direita e ombro esquerdo. Na época o acusado foi preso e aguardava o julgamento no Presídio Regional Masculino de Tubarão. Diante dos fatos e por ser réu primário, ele cumprirá a sentença, proferida na noite desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores da cidade, onde a sessão dom Júri ocorreu, em regime inicialmente semiaberto. 

Texto: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul